O nível dos prestadores do Planserv no quesito segurança do paciente será avaliado a partir deste mês. Na primeira fase, os estabelecimentos de saúde vão preencher um formulário sobre as certificações e adequações dos serviços relacionados a este aspecto. Após esta autoavaliação, o Planserv verificará presencialmente os dados fornecidos.

De acordo com a Coordenadora Geral do Planserv, Cristina Cardoso, o objetivo é verificar quais são os serviços mais qualificados e preparados para garantir o efetivo cuidado aos beneficiários da Assistência. “A qualificação dos prestadores tem sido uma preocupação constante da atual gestão do Planserv. Neste contexto, a segurança do paciente apresenta-se como um atributo de fundamental relevância, por ter como objetivo a efetiva redução de diversos riscos à saúde dos pacientes”, destaca.

Conforme a RDC 36 da Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa), a segurança do paciente pode ser traduzida como a redução a um mínimo aceitável do risco de dano desnecessário associado à atenção à saúde. Na prática, os núcleos de segurança do paciente das unidades de saúde atuam no sentido de identificar corretamente o paciente; melhorar a comunicação entre profissionais de saúde; aprimorar a segurança na prescrição, no uso e na administração de medicamentos; assegurar cirurgia em local de intervenção, procedimento e pacientes corretos; higienizar as mãos para evitar infecções e reduzir o risco de quedas e úlceras por pressão.

Recentemente, o Planserv compartilhou uma dica de saúde em seu site (www.planserv.ba.gov.br) e aplicativo sobre essa questão. No material, o plano estimula seus beneficiários, familiares e acompanhantes a procurar o núcleo de segurança do paciente das unidades de saúde para obter informações sobre a prevenção de incidentes, tais como erros de medicamentos, falhas em procedimentos cirúrgicos, queda de pacientes, lesão por pressão, falhas na administração de dietas, entre outros.

Pacientes, familiares e acompanhantes também podem solicitar ao setor responsável pela segurança os últimos relatórios e boletins contendo os resultados da vigilância dos incidentes e as medidas que foram instituídas para corrigir as falhas identificadas após a investigação realizada. “Assim como nós estamos trabalhando para zelar pela segurança do paciente assistido pelo Planserv, nossos beneficiários e suas famílias podem colaborar neste sentido, através dessas ações simples”, finaliza Cristina Cardoso.

Ascom Planserv

CategoriaNotícias

For emergency cases        1-800-700-6200

Em caso de dúvida, favor entrar em contato com a Central de Relacionamento 24h.
De telefone fixo: 0800 56 6066 e de celular: (71) 3402-3700
Atendimento Exclusivo Prestador: (71) 3512-6444